TROCANDO IDEIAS

Posts Tagged ‘VINÍCIUS DE MORAES – TRABALHOS NA ESCOLA

Terca-feira

 

Matemática do terror

(BLOG DA PROFESSORA JANAÍNA SPOLIDÓRIO)

  • Divisão, adição e análise de informação;
  • Problemas com Frank Oswaldo Júnior, Armandinho Caveira e Lindomárcio.

 

Português

(material selecionado e preparado pela professora Magdalena Pugliese)

  • Acentuação;
  • Pontuação;
  • Estrutura textual

 

Projeto “Conhecendo o Vinícius”

  • Filme Rio / escolhido pelas crianças por causa da música Garota de Ipanema.

Segunda-feira

Português

  • Leitura e registro da fábula ” O gavião e o beija-flor”;
  • Reflexão: o que desejamos? Agir como o gavião ou como o beija-flor? O bate-papo foi muito interessante, é muito bom ver como mentes tão novinhas já são tão conscientes.

 

 

 

 

 

 

 

Geografia e História – Projeto “Conhecendo o Vinícius” – A CORUJINHA

  • Leitura do texto da poesia;
  • Leitura do texto de Ciências;
  • Compreensão da atividade nesta disciplina;
  • Observação do globo terrestre para localização do nosso país e dos locais citados no texto: Groenlândia e  Antártica;
  • Consultas ao dicionário para compreender o significado da parte do texto que explica ser a coruja uma “espécie monogâmica”, relacionamos o assunto à vida humana
  • .

Educação Física com a professora Michele

Matemática

  • Compreensão da dúzia;
  • Solução de problemas através de cálculos de multiplicação e divisão, envolvendo o conceito dúzia.

Matemática – Projeto “Conhecendo o Vinícius”

  • Compreensão do texto de Ciências através das comparações entre as informações numéricas apresentadas sobre altura, tempo de vida, quantidade de ovos a cada postura, tempo entre nascimento e primeiro voo.

 

Português

 

 

 

Projeto “Conhecendo o Vinícius”

  • Ensaio da coreografia ” Garota de Ipanema”
  • Confecçaõ do material para os murais e painéis.

Olha que mimo! Enviado pela mãe da Sarah:

Bom dia;
Conforme prometido segue as fotos do eventos das Garotas de Ipanema.
Aproveitando a oportunidade, agradeço pelo carinho dedicado a minha filha Sarah Emanuely.
Atenciosamente
Aline Barroso

Resposta:

Que fofo!

Obrigada pelas fotos e saiba como sou feliz por ter a oportunidade de conviver com a Sarah e toda a turminha!

Beijo

Professora Kelley

Exposição do trabalho desenvolvido na Feira de Cultura

dia 26 de novembro de 2011

 Nossa turma

Cartaz na porta durante as semanas que antecederam a Feira de Cultura

Convite:

Informação da duração do projeto, lembrando que as crianças planejaram todo o desenvolvimento junto com a professora.

 Nomes das crianças

Resumo da biografia, texto construído coletivamente.

Ilustrações na folha A3 que as crianças coloriram.

Informação junto ao painel externo, que as crianças consideraram extremamente importante.

 

 Outra informação que destacaram a importância, pois no início do trabalho o único nome que alguns já tinham ouvido falar era o de Chico Buarque.

Poesias do livro A arca de Noé, selecionadas pelas crianças e

colocadas no mural.

Houve, em alguns momentos, curiosidade sobre as poesias para adultos, principalmente, após pesquisa sobre o  significado da palavra “soneto”.

Selecionei alguns sonetos, imprimi na folha A3,  fizemos a leitura e construímos o mural. O Soneto da Hora Final foi o mais comentado, uma das meninas disse que o texto é “meio gótico”, o que despertou outras curiosidades…

Outra informação selecionada pelas crianças, pois ficaram interessadas em saber onde ficam as cidades onde morou Vinícius e o que faz um diplomata.

 Feira de Cultura

 Apresentação de dança com a música:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“A história por trás da história”
Continuando a exploração do poema “A casa”, apresentei as questões para pensarem outros aspectos possíveis para o texto e produzirmos coletivamente outro texto.

Texto coletivo produzido:

O sonho do menino

Era a casa de uma pessoa muito pobre, solitária, sem condições. Como podia ser engraçada, se não tinha nada?

Então não era casa, era um lugar, despedaçado, deserto, ou a imaginação de uma pessoa sonhando.

Ainda não foi feita, é invisível porque está nos sonhos do menino, nos seus muitos cochilos na sala de aula.

 

Avaliação dos estudantes, o que aprenderam nesta aula:

  • Parágrafo, quando pode continuar na frente e quando tem que escrever na linha de baixo;
  • Uso da vírgula;
  • Acento agudo;
  • Uso do cedilha;
  • Muito e não “MUINTO”.

“A história por trás da história”

Continuando a exploração do poema “A casa”, apresentei as questões para pensarem outros aspectos possíveis para o texto e produzirmos coletivamente outro texto.

 

Texto produzido:

A casa sem nada

 

É uma casa que não tem teto, é tão engraçada!

As pessoas não podem morar nela porque na casa não tem parede. Como vão dormir?

Não tem teto, não tem parede, não tem ninguém. Esta casa não tem nada!

Ela deve ficar num fim de mundo, na rua dos Bobos. De barro, de madeira, de pedra, de um mendigo, ou ela não existe?

Só sei que é feita com muito esmero.

 

Avaliação da atividade pelos estudantes:

Perguntei o que foi possível aprender com a produção coletiva do texto. Eis as respostas:

  • Aprendemos como escrever o texto e organizar as ideias;
  • Ponto de exclamação;
  • Acento agudo e o uso da vírgula;
  • Que o til fica em cima do A quando tem ÃO;
  • O que é e como mostra o parágrafo.

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

outubro 2014
D S T Q Q S S
« ago    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 770 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: